Edição 2014

O Prêmio Nacional Dólmã surgiu no ano de 2013 e a sua primeira edição é classificada como EDIÇÃO 2014. Na sua primeira edição, todas as etapas do projeto que antecederam as votações duraram aproximadamente doze meses. Ao contrário da tendência descartável e rápida dos acontecimentos atuais, esse prolongamento foi exatamente o que fortaleceu a marca do projeto e lhe proporcionou a ocupação de todos os espaços necessários.

A partir das indicações da Comissão de Pesquisa, iniciada em agosto de 2013, foram publicados na página oficial do Prêmio Dólmã, no Facebook, dezenove posts dos cinquenta e sete Chefs, dos 19 estados participantes, que disputaram a Categoria Estadual e um post de sete Chefs indicados que disputaram a categoria nacional, totalizando vinte posts.

Estados participantes

Estados participantes da edição 2014: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

ENCHEFS 2014

O ENCONTRO DE CHEFS DO BRASIL – ENCHEFBR reuniu em Pernambuco, na sua capital Recife, os Chefs indicados ao Dólmã 2014. O encontro teve o objetivo de proporcionar e ampliar os laços sociais e profissionais dos Chefs que através da troca de experiências fortaleceram a gastronomia brasileira.

Na manhã que antecedeu a Cerimônia de premiação os Chefs indicados estavam vestidos com o dólmã de luxo, vestimenta oficial do evento, e com os aventais dos seus respectivos estados. Os Chefs pousaram para o Foto Oficial do Encontro, receberam orientações a respeito do Encontro e da Cerimônia que ocorreu no mesmo dia à noite. Os Chefs participaram de palestras, conheceram os membros do Comitê Permanente da Gastronomia Brasileira – CPGB – e participaram de degustações de vinhos, queijos e cafés.




Cerimônia 2014

O mês de maio de foi um dos períodos mais importantes do projeto, pois através da realização da Cerimônia do DÓLMÃ, concretizamos todos os esforços de onze meses de atividade constante, minuto a minuto, hora a hora, dia a dia, semana a semana e mês a mês, sem interrupção. O Dólmã preencheu todos os espaços necessários para que a sua base fosse estruturada no profissionalismo e principalmente no amor de um trabalho sério, real e comprometido. O modelo projetado para a execução da Cerimônia do DÓLMÃ proporcionou um resgate e um novo conceito de eventos de luxo no Brasil, aliado a valorização da história, da cultura e das artes dos estados brasileiros.




Pernambuco

O estado de Pernambuco foi o primeiro anfitrião, a casa de festas Arcádia na charmosa praia de Boa Viagem foi o local escolhido, inclusive, um dos mimos presenteados para os convidados foi o a versão petit do bolo de rolo, patrimônio gastronômico de Pernambuco. A Chef pernambucana Madalena Albuquerque foi à madrinha da Cerimônia do DÓLMÃ 2014.

Tapete Vermelho

Os Chefs de cozinha indicados e os convidados, profissionais de várias áreas, foram estimulados a usarem roupas confeccionadas pelos estilistas dos seus estados de origem. Além disso, a ornamentação da Cerimônia foi baseada nos teatros de luxo do mundo. As réplicas gitantes da estatueta DÓLMÃ presentes na Cerimônia foram uma atração à parte. Os Chefs indicados e os convidados foram tratados como verdadeiras celebridades ao entrarem através do Tapete Vermelho Oficial da Cerimônia.

Apresentações Artísticas

A noite de gala da gastronomia brasileira surpreendeu a todos com as apresentações artísticas de cantores nacionais, regionais e de renome internacional. O músico Luis Sena, autor do tema de abertura da Cerimônia Dólmã 2014 foi o primeiro artista a se apresentar e deu um show para os presentes. A orquestra Cidadã Meninos do Coque fruto de um trabalho social na Comunidade do Coque, encantou a todos os convidados com uma belíssima apresentação da música clássica. O trombonista Raul de Souza, considerado o número 1 do trombone pela crítica internacional, fez uma linda apresentação, acompanhado de algumas integrantes da Orquestra Criança Cidadã Meninos do Coque. A cantora Luiza Fittipaldi acompanhada por sua banda interpretou a música Feijoada Completa de Chico Buarque de Holanda. A cantora Érika Menezes da dupla Dudu e Érika emocionou a todos ao interpretar, em francês, com melodia brasileira, a música tema do filme Ratatouille. A cantora pernambucana Isaar, conhecida pelo seu timbre peculiar e marcante, fez o show de enceramento da Cerimônia do Prêmio Nacional DÓLMÃ 2014, regado à chuva de pétalas prateadas.

"Um punhado de arte, uma pitada de sorte, duas colheres de loucura, uma xícara de criatividade, misture tudo no mesmo sonho e ponha para ferver. A arte nem mesmo se obriga a respeitar o bom senso ou a realidade, tudo pode existir nesse mundo ilimitado da imaginação. Vestir o avental e com a colher de pau, mãos a massa! Enxergar a gastronomia com meus olhos vai muito além de seus conceitos tradicionais. Oportunizar o conhecimento, de um GRANDE TALENTO, através de seu reconhecimento, é pleno e dignificante! O PRÊMIO NACIONAL DÓLMÃ reúne um pouco do muito que temos, com a capacidade de transformar nossas matérias orgânicas em uma arte que aguça os cinco sentidos da vida! Como é bom poder misturar nossa brasilidade e mostrar a riqueza que brota da terra de Santa Cruz. À verdadeira miscigenação gastronômica! Afinal somos todos mestiços de alma pura!" Anna Guerra.

Patrocinadores e apoiadores

DECORAÇÃO
O decorador pernambucano responsável por grandes projetos como o Camarote da Rede Globo Nordeste no Galo da Madrugada, Romildo Alves, foi quem assinou a Cerimônia de Premiação do DÓLMÃ 2014. Segundo a Comissão Organizadora a decoração se tornou uma das grandes surpresas do evento.

CERIMONIAL
Pernambuco foi o primeiro anfitrião do Prêmio Máximo da Gastronomia Brasileira. Para o evento de gala, a empresa Tatiana Marques Cerimonial e Eventos foi a responsável pela estrutura da execução da Cerimônia Oficial do Prêmio Nacional Dólmã 2014.


CHEFS PREMIADOS 2014


CATEGORIA NACIONAL

CHEF CESAR SANTOS/PE
CATEGORIA ESTADOS

ALAGOAS: CHEF LUCAS PADILHA
AMAPÁ: CHEF DOM GARCIA
AMAZONAS: CHEF PAULO FORTUNATO
BAHIA: CHEF TEREZA PAIM
CEARÁ: CHEF BERNARD TWARDY
DISTRITO FEDERAL: CHEF SANDRA DEGRAF
GOIÁS: CHEF MARCIA PINCHEMEL
MARANHÃO: CHEF NICOLAS NAVEZ
MATO GROSSO: CHEF ARIANI MALOUF
MATO GROSSO DO SUL: CHEF MAGNA MORAES
MINAS GERAIS: CHEF PAULA CARDOSO
PARAÍBA: CHEF ADEILTON MEIRA BEZERRA
PARANÁ: CHEF ALESSANDRO DIRIENZO
PERNAMBUCO: CHEF LEANDRO RICARDO
RIO DE JANEIRO: CHEF ANA RIBEIRO RIBEIRO
RIO GRANDE DO NORTE: CHEF DANIEL SIMPLÍCIO
RIO GRANDE DO SUL: CHEF XAVIER GAMEZ MONTOYA
SANTA CATARINA: CHEF HELTON COSTA
SÃO PAULO: CHEF CÁSSIO PRADOS

Premiação

A premiação dos Chefs indicados aconteceu em três momentos, no primeiro foram premiados 10 Chefs e no segundo 09 Chefs representantes da categoria estadual. No segundo foi premiado 01 Chef na Categoria Nacional. Todos os Chefs indicados souberam dos resultados na noite de premiação, foram convidados 20 formadores de opinião que subiram ao palco, abriram o envelope dos resultados, que estavam lacrados, e anunciaram cada um dos premiados nas categorias estaduais e nacional. Após o anuncio dos indicados, os convidados de honra entregaram aos premiados a estatueta DÓLMÃ feita em bronze e pesando o equivalente a 3Kg.

Reconhecimento Nacional

O Prêmio Nacional Dólmã recebeu durante o período de indicação, votação e após a realização da Cerimônia o apoio, a adesão e o reconhecimento dos brasileiros, principalmente dos profissionais de cozinha, como a premiação máxima da gastronomia Brasileira.

Repercussão

A realização da Cerimônia do DÓLMÃ 2014 proporcionou grande repercussão na impressa local e nacional e ainda houve destaque em alguns veículos de comunicação internacional. O evento fez surgir um novo conceito de premiação gastronômica, com a participação ativa de todos os envolvidos e apaixonados pela gastronomia, além de artistas, estilistas e outros.